Pular para o conteúdo principal

A Internet das Coisas aliada à várias outras tecnologias como Java, BigData e CloudComputing aliada aos novos conceitos da Economia Colaborativa como Airbnb, Ubber, Kickstarter e aqui no Brasil Catarse e Kickante trazem oportunidades incríveis para nós desenvolvedores, analistas, designers e até mesmo entusiatas de tecnologias.



Nossas primeiras experiências com a Produção de Hardware iniciaram em 2009 e desde lá muita coisa aconteceu, muitas demos, projetos e palestras foram realizadas e com muito feedback do mundo o Vinicius Senger e o José Luiz Sanchez conseguiram criar um projeto incrível de Hardware + Firmware + Software geniais.

Dê uma olhada nos componentes da IoT Surfboard!


Além de todo hardware foi criado também o firmware para o Arduino Nano, que facilita demais a utilização de todos os sensores e atuadores! Com ele voce poderá fazer o upload de vários programas para a placa e mudar o programa / modo utilizando o botão da placa. 

O Vinicius Senger customizou também o Arduino IDE a placa IoT Surfboard aparece na lista facilitando a vida do surfista! 

Agora, para melhorar a experiência de quem não tem experiência nenhuma com Internet das Coisas o Vinicius criou também uma imagem do Virtual Box com todo ambiente que você precisa para começar seu projeto sem ter que fazer nenhuma instalação. Basta conectar a placa no computador e começar a brincar!

Como viabilizar a produção de hardware ?

Criar um produto de hardware é bem mais desafiador do que criar um produto software, pois o ciclo de produção, testes é bem mais complicado, o prazo é maior e o investimento inicial é muito mais alto.

Para viabilizar a produção do primeiro lote com 250 placas nós realizamos duas iniciativas e ambas foram super bem sucedidas!

Pré-venda

Nós queríamos lançar a campanha via financiamento coleitvo, mas seria a nossa primeira campanha, como fazer, como lançar, o que esperar, quanto tempo deve durar a campanha? Estavamos conversando com a Equipe do Portal Embarcados através do contato com o Diego Sueiro que iam lançar o Embarcados Innovation. Foi uma experiência muito interessante de criar a campanha, os objetivos, as peças de marketing em parceria com o Thiago Lima, Fabio Silva, Euripedes

Como já estavamos com o projeto pronto há bastante tempo apresentando palestras, criando demos e muito software nós decidimos lançar a campanha no The Developer's Conference 2015 São Paulo!

Foi um sucesso e encomendamos a produção do primeiro lote com o apoio de todas as pessoas especiais que comprara a placa na pré-venda!

Financiamento Coletivo

Durante o The Developer's Conference nós conhecemos o Tulio Baars e uma série de outras pessoas que tiveram experiência com financiamento coletivo, tomamos coragem e finalizamos a campanha com o apoio da equipe Embarcados Innovation.

Mas, o que é Financiamento Coletivo ?

É uma forma de viabilizar projetos sem depender de investidores!
Ou seja, você cadastra e apresenta o projeto para a comunidade definindo uma meta necessária para produção do projeto!  Se as pessoas acharem interessante e quiserem apoiar o seu projeto escolhendo uma das recompensas e a meta for atingida os autores do projeto recebem o dinheiro e entregam as recompensas para todos os apoiadores! Se a meta não for atingida... o dinheiro é devolvido aos apoiadores!

O Projeto IoT Surfboard foi lançado no Catarse no dia 22/Setembro com prazo de 30 dias e uma meta de 30.000.



ATINGIMOS A META e ainda faltam 4 dias para finalizar a campanha no Catarse! 

Nós recebemos tanto apoio nas duas fases do projeto que é até dificil escolher as palavras para agradecer todos que sonharam junto conosco. 


Se você quer surfar a Internet das Coisas a hora é agora, a campanha se encerra no dia 22/Outubro! 

Garanta a sua IoT Surfboard + Treinamento com o menor preço possível. Assim que acabar a campanha o placa estará a venda no site por R$ 599,00. 



Nós realmente acreditamos que com a placa IoT Surfboard muita gente vai conseguir implementar suas idéias, automizar as coisas que fazem parte da sua realidade. Automizar um pouco a produção de queijo ? cerveja ? aumentar a segurança em casa ? automatizar algum controle na empresa ? criar um projeto artístico ? ensinar crianças a programar ? criar robôs ? integrar com o carro ? criar um video game ? são infinitas possibilidades e nós queremos que toda comunidade esteja preparada para inovar e empreender com a Internet das Coisas! 

Então, vamos surfar a Internet das Coisas neste verão ?

Yara Senger


Comentários

Yara disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Saiba como programar para Arduino sem ter nenhum hardware disponível

O Arduino já é uma tecnologia muito difundida entre os amantes de tecnologia. É difícil encontrar um profissional da computação que não brincou um pouco com esta ferramenta de prototipagem ou, que gostaria de fazer isso. Porém, em alguns casos, o programador quer conhecer o arduino mas não dispõe de nenhum hardware, nem mesmo da placa. Como isso poderia ser resolvido? A primeira resposta seria aquela mais simples e direta: ir as compras. Isso pode ser feito em uma loja física ou pela internet. No meu caso, por exemplo, tive a felicidade de encontrar em um site (não me lembro qual) um kit arduino, com um conjunto de sensores e um DVD com 41 vídeo aulas. Mas digamos que o profissional não esteja passando por um bom momento financeiro, ou ainda, simplesmente não queira comprar o Arduino sem antes conhecê-lo um pouco melhor. Para a última situação também já existe uma resposta, e diga-se de passagem, uma excelente resposta. Trata-se do site 123D Circuits.io . Depois de criar seu u

Entendendo como funciona a programação de computadores: linguagens de programação, lógica, banco de dados

Nesse post, diferente dos últimos que foram mais enfáticos nas experiências com tecnologias, vou focar um pouco mais nos profissionais que estão começando, ou pretendem ingressar na área de desenvolvimento de software, falando sobre conceitos fundamentais relacionados a programação em geral . Mercado de trabalho para programação Conforme já sabemos, o mercado de desenvolvimento de software, especialmente no Brasil, continua em franca expansão, sendo que cada vez mais as empresas buscam desenvolver seus próprios sistemas usando as mais diferentes e novas tecnologias. Algumas matérias interessantes: As seis profissões mais valorizadas em 2010 no IDG Now! Muitas vagas e sensação de reaquecimento da economia Por isso, a área de desenvolvimento de software tem despertado interesse em muitos profissionais de outras áreas que desejam mudar de profissão, já que as oportunidades de trabalho tendem a ser maiores. Esse é um perfil presente em muitos dos clientes da Globalcode que acabou m

JSON fácil em Java com GSon !

Ola pessoal ! O formato JSON ( J ava S cript O bject N otation) vem se consagrando cada vez mais na comunicação de dados, principalmente nos dispositivos móveis devido a esse formato ser mais leve que o XML e também mais legível. Uma prova disso são as inúmeras bibliotecas que existem para manipular esse formato, e no caso do Android, o suporte ao JSON é nativo. Mas apesar de ter esse suporte nativo, algumas operações devem ser feitas manualmente e o código acaba ficando um pouco verboso e repetitivo, já que para cada objeto que se deseja transmitir é necessário fazer um método que lê as propriedades do JSON e faz as devidas atribuições no seu objeto Java. Vamos supor o seguinte objeto sendo transmitido em JSON: {   user: {     id: 123456,     name: "Neto Marin",     username: "netomarin",     email: "netomarin@globalcode.com.br"   } } Se você fosse tratar um Webservice que envia esse JSON para o seu aplicativo Android, além de criar a o