Pular para o conteúdo principal

Things Hacker Team e 1º Connecting Knowledge

Boa noite..

Neste pequeno texto pretendo falar de duas coisas, o Things Hacker Team e o 1º Connecting Knowledge. O segundo é fruto do primeiro e, ambos tem uma história fortemente ligada com a Globalcode.

No dia 15 e 16 de Junho aconteceu o 2º Arduino Hacking Weekend, na sede da Globalcode em São Paulo. Pessoalmente, já estava muito empolgado com o mundo da automação, internet das coisas e eletrônica. Apesar de ministrar arduino na Academia do Programador e na Academia Android gostaria de saber mais sobre eletrônica e participei do hacking.

Neste final de semana encontrei o Pedro Padilha Farroco, que foi meu aluno em uma das turma da Academia do Programador. Além disso, sentei na mesma fileira que o Jaci Nunes e o Ryoji Kuwae Neto.

Como sempre, o Vinícius deu uma aula sensacional e divertida sobre o assunto. Eu que já estava louco com Internet das Coisas fiquei simplesmente pirado. E dava para perceber que o Pedro, o Jaci e o Ryoji estavam no mesmo tom. Acabamos conversando muito durante o final de semana e surgiu a idéia de montar um time para estudar mais este tema e juntar nossos conhecimento em benefícios comum. Assim surgiu o Arduino Team.

Ainda com este nome tivemos a oportunidade de palestrar no The Developer Conference de São Paulo, nas trilhas de Mobile e Android (Ricardo e Ryoji). Abaixo segue duas fotos.




Depois desse evento decidimos mudar o nome para Things Hacker Team. Simplesmente pelo fato de que estamos estudando uma quantidade muito grande de tecnologias, não somente Arduino. Fomos crescendo, criando novos projetos e tivemos a oportunidade de palestrar em eventos e fazer participações em mini-cursos da Globalcode. Uma honra para nós.

Abaixo segue a lista dos eventos que já participamos:

-> TDC São Paulo
-> Secomp Unicamp 2013
-> 6º Android Meetup
-> 3 Mini-Cursos da Globalcode

Construimos os seguintes projetos, que sempre são mostrados nos eventos que participamos e atraem muita atenção dos participantes:

-> Sistema de Automação Residencial controlado por Aplicativo Android e tags NFC
-> Sistema de Automação Residencial controlado por Ocarina
-> Máquina de doces que só entrega a guloseima se o usuário acertar a senha de toque
-> Arduino controlando TV´s por LED InfraRed
-> Um jogo com Android e ADK
-> Um sistema de conversão de texto para Código Morse com Android e ADK
-> Mais algumas surpresas pro 1º Connecting Knowledge

E abaixo segue mais algumas imagens de nossas palestras:

Mini-Curso "Android, Raspberry Pi e Internet das Coisas"


 Secomp 2013 / Unicamp

6º Android Meetup / PUC / GDG SP

Depois destes avanços decidimos tornar o nosso time um grupo, apresentá-lo "a sociedade" e expandir nossos horizontes. Então, organizamos o 1º Connecting Knowledge. Gentilmente a Globalcode nos cedeu o seu auditório para a realização deste evento e para futuras reuniões mensais, que serão faladas no evento. Segue a agenda do evento, data e local:

10:00 - 10:20 Coffee
10:20 - 10:40 apresentação do grupo
10:40 - 11:00 apresentação das pessoas
11:00 - 11:30 Ryoji "Tensão, corrente, mas que raios é isso?"
11:30 - 11:50 Pedro "Arduino e Mini PCS"
11:50 - 12:10 Ricardo "Android, ADK e Games"
12:10 - 12:30 Projetos do Grupo
12:30 - 12:50 "Automação Residencial com Ninja Block" *** A confirmar
12:50 - 13:00 Perguntas

Quando?  31/08/2013
Onde? Globalcode São Paulo. Av. Bernardino de Campos, 327, CJ 22 - Paraíso

Eu, em nome de todo o time gostaria de convidar todos vocês pro evento e também, agradecer imensamente a Globalcode, principalmente ao Vinícius e a Yara. O Vinícius foi responsável por gerar a vontade de aprender muito mais sobre internet das coisas em nós quatro e incentivou a criação do grupo.  A Yara também sempre nos incentiva e cedeu o auditório da Globalcode pro nosso primeiro evento e pra futuras reuniões.

É isso aí pessoal. Nos vemos na Globalcode no dia 31/08, sabadão, às 10:00 da matina.

Att.
Ricardo

Comentários

Yara Senger disse…
Sensacional! Parabens! Keep doing it!

Postagens mais visitadas deste blog

Saiba como programar para Arduino sem ter nenhum hardware disponível

O Arduino já é uma tecnologia muito difundida entre os amantes de tecnologia. É difícil encontrar um profissional da computação que não brincou um pouco com esta ferramenta de prototipagem ou, que gostaria de fazer isso. Porém, em alguns casos, o programador quer conhecer o arduino mas não dispõe de nenhum hardware, nem mesmo da placa. Como isso poderia ser resolvido? A primeira resposta seria aquela mais simples e direta: ir as compras. Isso pode ser feito em uma loja física ou pela internet. No meu caso, por exemplo, tive a felicidade de encontrar em um site (não me lembro qual) um kit arduino, com um conjunto de sensores e um DVD com 41 vídeo aulas. Mas digamos que o profissional não esteja passando por um bom momento financeiro, ou ainda, simplesmente não queira comprar o Arduino sem antes conhecê-lo um pouco melhor. Para a última situação também já existe uma resposta, e diga-se de passagem, uma excelente resposta. Trata-se do site 123D Circuits.io . Depois de criar seu u

Entendendo como funciona a programação de computadores: linguagens de programação, lógica, banco de dados

Nesse post, diferente dos últimos que foram mais enfáticos nas experiências com tecnologias, vou focar um pouco mais nos profissionais que estão começando, ou pretendem ingressar na área de desenvolvimento de software, falando sobre conceitos fundamentais relacionados a programação em geral . Mercado de trabalho para programação Conforme já sabemos, o mercado de desenvolvimento de software, especialmente no Brasil, continua em franca expansão, sendo que cada vez mais as empresas buscam desenvolver seus próprios sistemas usando as mais diferentes e novas tecnologias. Algumas matérias interessantes: As seis profissões mais valorizadas em 2010 no IDG Now! Muitas vagas e sensação de reaquecimento da economia Por isso, a área de desenvolvimento de software tem despertado interesse em muitos profissionais de outras áreas que desejam mudar de profissão, já que as oportunidades de trabalho tendem a ser maiores. Esse é um perfil presente em muitos dos clientes da Globalcode que acabou m

JSON fácil em Java com GSon !

Ola pessoal ! O formato JSON ( J ava S cript O bject N otation) vem se consagrando cada vez mais na comunicação de dados, principalmente nos dispositivos móveis devido a esse formato ser mais leve que o XML e também mais legível. Uma prova disso são as inúmeras bibliotecas que existem para manipular esse formato, e no caso do Android, o suporte ao JSON é nativo. Mas apesar de ter esse suporte nativo, algumas operações devem ser feitas manualmente e o código acaba ficando um pouco verboso e repetitivo, já que para cada objeto que se deseja transmitir é necessário fazer um método que lê as propriedades do JSON e faz as devidas atribuições no seu objeto Java. Vamos supor o seguinte objeto sendo transmitido em JSON: {   user: {     id: 123456,     name: "Neto Marin",     username: "netomarin",     email: "netomarin@globalcode.com.br"   } } Se você fosse tratar um Webservice que envia esse JSON para o seu aplicativo Android, além de criar a o