Pular para o conteúdo principal

A melhor PythonBrasil até hoje

Estive em 5 das 7 PythonBrasil até hoje, a que aconteceu em São Paulo semana passada foi a melhor, maior e mais bem organizada de todas. Parabéns ao Érico Andrei e Karyn Nassif da Simples Consultoria/Diaspar e a todos os voluntários pelo trabalho sensacional.

Além do número de participantes, mais de 340, o melhor indicador foi que 63% dos presentes estavam em seu primeiro evento sobre Python, um sinal do forte crescimento da linguagem neste momento.

Keynotes

Entre os keynotes, os pontos altos foram as palestras do Wesley Chun, evangelista do Google App Engine que falou sobre as novidades da versão 3 do Python, de Steve Holden, presidente da Python Software Foundation, sobre como nutrir uma comunidade global, e a de Jim Fulton, "The Zope Pope", falando sobre os acertos e erros na história do Zope, um dos primeiros frameworks Web Open Source Orientados a Objetos, e plataforma de grandes projetos atuais como o CMS Plone e o ERP5.

Uma tradição especial da PythonBrasil é convidar um keynote para falar de outra linguagem. Este ano recebemos o Gustavo Niemeyer, engenheiro da Canonical, que falou sobre a linguagem Go, criada no Google por Robert Griesemer, Rob Pike and Ken Thompson. Niemeyer, um committer de Python, enfatizou também a importância do PyPy para o futuro da linguagem. O PyPy é o interpretador Python escrito em Python que já está batendo o tradicional CPython em quase todos os benchmarks, graças ao uso de compilação JIT. Maciej Fijalkowski, core-developer do PyPy, esteve lá apresentou benchmarks e demos impressionantes.

Diversidade

Como sempre, a PythonBrasil refletiu bem a diversidade de usos da linguagem: de games a desenvolvimento Web, passando por computação científica, administração de sistemas e ERPs, em cenários tão diversos quanto empresas jornalísticas, governo, universidades e startups. Outro tradicional ponto alto: as sessões de palestras-relâmpago de 5 minutos, sempre inspiradoras, engraçadas e surpreendentes.

Homenagens

Fiquei muito honrado e emocionado por receber da Associação Python Brasil o Prêmio Dorneles Treméa, junto com o Rodrigo Senra, em reconhecimento à nossa contribuição à comunidade Python no Brasil. A honra foi dupla, por ter sido destacado ao lado do Senra, que é um pythonista muito admirado, assim como foi o Dorneles. Ele organizou o primeiro encontro nacional da comunidade Python no Brasil, em Campinas no ano 2005, e juntos fomos pioneiros na lista Python Brasil e co-fundadores da Associação Python Brasil. Para mim esse é um prémio de grande valor pessoal, porque respeito muito a comunidade Python.

Outro membro da comunidade que teve seu merecido reconhecimento foi o Osvaldo Santana, criador da primeira lista de discussão e do primeiro Wiki brasileiro sobre Python: o Osvaldo foi eleito o 3º presidente da Associação Python Brasil, que ele também ajudou a criar em 2008.

Academia Python

No plano pessoal, a outra grande notícia desta PythonBrasil foi o lançamento da Academia Python pela Globalcode, que marca o meu retorno à área de treinamento, uma atividade que eu faço com muito gosto. Tenho certeza que uma formação completa do básico ao avançado na linguagem Python era uma peça que faltava no eco-sistema de Python no Brasil. Estou muito feliz por poder oferecer isso em parceria com a Globalcode, uma empresa que eu admiro.

Comentários

Ana Abrantes disse…
Parabéns Luciano!
E seja benvindo à Globalcode.
[]s
Ana
Yara Senger disse…
Luciano, estou muito feliz de aumentar a interação na comunidade Python!

Infelizmente não pudemos participar deste grande evento, mas com certeza queremos participar dos próximos!

Como disse a Ana Abrantes: Seja Bem vindo a Globalcode!

Postagens mais visitadas deste blog

Saiba como programar para Arduino sem ter nenhum hardware disponível

O Arduino já é uma tecnologia muito difundida entre os amantes de tecnologia. É difícil encontrar um profissional da computação que não brincou um pouco com esta ferramenta de prototipagem ou, que gostaria de fazer isso. Porém, em alguns casos, o programador quer conhecer o arduino mas não dispõe de nenhum hardware, nem mesmo da placa. Como isso poderia ser resolvido? A primeira resposta seria aquela mais simples e direta: ir as compras. Isso pode ser feito em uma loja física ou pela internet. No meu caso, por exemplo, tive a felicidade de encontrar em um site (não me lembro qual) um kit arduino, com um conjunto de sensores e um DVD com 41 vídeo aulas. Mas digamos que o profissional não esteja passando por um bom momento financeiro, ou ainda, simplesmente não queira comprar o Arduino sem antes conhecê-lo um pouco melhor. Para a última situação também já existe uma resposta, e diga-se de passagem, uma excelente resposta. Trata-se do site 123D Circuits.io . Depois de criar seu u

Entendendo como funciona a programação de computadores: linguagens de programação, lógica, banco de dados

Nesse post, diferente dos últimos que foram mais enfáticos nas experiências com tecnologias, vou focar um pouco mais nos profissionais que estão começando, ou pretendem ingressar na área de desenvolvimento de software, falando sobre conceitos fundamentais relacionados a programação em geral . Mercado de trabalho para programação Conforme já sabemos, o mercado de desenvolvimento de software, especialmente no Brasil, continua em franca expansão, sendo que cada vez mais as empresas buscam desenvolver seus próprios sistemas usando as mais diferentes e novas tecnologias. Algumas matérias interessantes: As seis profissões mais valorizadas em 2010 no IDG Now! Muitas vagas e sensação de reaquecimento da economia Por isso, a área de desenvolvimento de software tem despertado interesse em muitos profissionais de outras áreas que desejam mudar de profissão, já que as oportunidades de trabalho tendem a ser maiores. Esse é um perfil presente em muitos dos clientes da Globalcode que acabou m

JSON fácil em Java com GSon !

Ola pessoal ! O formato JSON ( J ava S cript O bject N otation) vem se consagrando cada vez mais na comunicação de dados, principalmente nos dispositivos móveis devido a esse formato ser mais leve que o XML e também mais legível. Uma prova disso são as inúmeras bibliotecas que existem para manipular esse formato, e no caso do Android, o suporte ao JSON é nativo. Mas apesar de ter esse suporte nativo, algumas operações devem ser feitas manualmente e o código acaba ficando um pouco verboso e repetitivo, já que para cada objeto que se deseja transmitir é necessário fazer um método que lê as propriedades do JSON e faz as devidas atribuições no seu objeto Java. Vamos supor o seguinte objeto sendo transmitido em JSON: {   user: {     id: 123456,     name: "Neto Marin",     username: "netomarin",     email: "netomarin@globalcode.com.br"   } } Se você fosse tratar um Webservice que envia esse JSON para o seu aplicativo Android, além de criar a o