Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2010

Spring Brasil User Group nasceu saudável em 2010

O Spring Brasil User Group nasceu forte e saudável junto com o ano novo e, com menos de um mês de vida, já conta com mais de 100 membros. Venha participar também desta comunidade! Se ainda não é um membro, clique aqui !. Este grupo é uma rede social dedicada a fortalecer e fomentar a comunidade de usuários e desenvolvedores das tecnologias relacionadas ao Spring Framework . Fórum, Blog, Notícias e Chat <=> Comunidade O Spring Brasil User Group , carinhosamente apelidado de SBUG, está baseado na infraestrutura do site de redes sociais chamado Ning e, por isso, disponibiliza os mecanismos de fórum, blog, publicação de fotos e vídeos, divulgação de eventos e troca de mensagens entre os integrantes do grupo. Portanto, esta rede social permitirá a todos os participantes enviar dúvidas ou abrir discussões através do fórum, escrever notícias ou mini-tutoriais sobre Spring no blog e acompanhar as novidades e possíveis reuniões virtuais ou presenciais do grupo. De maneira tímida

Sun, Oracle, JavaOne e mais algumas páginas desta longa história...

Desde abril de 2009 estamos acompanhando todo o processo de aquisição da Sun pela Oracle, que aconteceu muito perto da crise, e no ambiente de negativismo da crise. Parte da comunidade, principalmente os mais velhos tinham um relacionamento de admiração à Sun e e aos engenheiros da Sun. E tantas carreiras e mesmo famílias sendo sustentadas pelo capital gerado ao redor da tecnologia Java. É natural sentir um pouco de medo do impacto deste negócio milionário: O que a Oracle vai fazer com o Java? Vai continuar OpenSource ? Vão mudar a política de distribuição da JVM ? E o JCP está seguro ? Haverá impacto negativo para o Java ? E para as outras ferramentas e tecnologias da Sun ? Com esta enorme mudança de poder dentro da comunidade Java como as outras empresas irão reagir ? Foi realizado hoje um WebCast gratuito "Sun Oracle Strategy", com quatro horas de duração, bastante marketing, muitos adjetivos, resolvi resumir os fatos mais importantes para a nossa comunidade nos com um

A terceira camisa: os exemplos estão virando fashion

Um olhar diferente sobre 3 formas de expressar o comportamento esperado de um sistema: requisitos, testes e exemplos. Temperadas por uma metáfora esportiva. Neste feriado, li uma matéria na revista Veja sobre as terceiras camisas dos clubes de futebol, que chamou minha atenção. Os clubes de futebol sempre tiveram uma camisa oficial. Sempre houve também a camisa reserva, tradicionalmente usada quando o time não tem mando de campo e o padrão da camisa é parecido com o do rival. Mas, de um tempo para cá, a estrela é uma terceira camisa alternativa, utilizada para comemorar algum fato relevante: o centenário do clube, a obtenção de um título, a contratação de um craque ou, no fim das contas, para alavancar as vendas dos itens oficiais do clube. Camisas corinthianas listradas com roxo, torcedores da Lusa com uma cruz metaleira, cruzeirenses em degradé: campeões de vendas nas lojas esportivas. Assim, algo ao qual que a maioria não dava muita importância (a existência de uma terceira ca

Construindo um império com R$40,00

Algo que nós da  YaW temos nos dedicado com bastante afinco nos últimos meses é o Google AppEngine(GAE) . Para quem ainda não conhece, o GAE é um ambiente de runtime disponibilizado pelo Google onde você hospeda a sua aplicação sem precisar se preocupar com manutenção de servidores. E ainda ganha com tudo isso a escalabilidade proporcionada pelos servidores do próprio Google. Hoje ele dá suporte a duas linguagens: Python e Java(e a grande maioria dos seus frameworks de mercado como Struts 1 e Struts 2, JSF 1 e JSF 2, JPA com algumas limitações, EhCache, GWT, SpringMVC, etc. Lista completa aqui ). Um detalhe importante sobre o GAE é que de início ele é completamente gratuito, e possui uma quota(beeeem generosa) de utilização, a partir do momento que você ultrapassar esta quota você tem de pagar pelo que ultrapassou. Detalhes sobre as quotas aqui . O próprio site da YaW está hospedado no GAE. E o que isso tudo tem ha ver com os R$40,00 e o império que você quer criar?

Novas Tecnologias, Velhos Problemas

Estou envolvido em projetos que demandam diversas integrações com webservices de parceiros comerciais. Ao adotar o stack JAX-WS 2.1 do NetBeans e do Glassfish nossas aplicações facilmente se beneficiam de representações Java das operações e estruturas de dados com as quais temos que interagir. O JAX-WS também tem permitido  velocidade para expor funcionalidades implementadas em Java, para aplicações internas desenvolvidas em outras plataformas. Toda essa facilidade de integração pode nos animar a princípio, de modo a utilizarmos intensamente esses benefícios. As armadilhas residem em :  - ignorar o acoplamento com modelos de dados externos ao consumir webservices  - permitir a transitividade do modelo de dados interno ao prover webservices O fato é que um contrato de webservice estabelecido hoje pode se tornar obsoleto em alguns meses. Naturalmente existem patterns de arquiteturas orientadas a serviço, adotados do lado do provedor dos webservices, que minimizam o impacto de tais

Postar no Twitter com programa escrito em Java

Depois de ter usado um pouco a API do Google, resolvemos usar também a do Twitter. Estava procurando na internet se alguém já tinha feito integração com uma aplicação Java e recebi 3 resultados de bibliotecas open source escritas em Java usando a API do Twitter: Twitter4J JTwitter java-twitter Escolhi a Twitter4J por ser a mais usada e atualizada, além de ter muito mais resultados nas buscas, inclusive com exemplos e tutoriais. No começo exitei um pouco e deixei para testar quando tivesse um tempo livre porque normalmente a gente não consegue colocar alguma coisa para funcionar usando biblioteca de terceiros em pouco tempo. Mas fiquei admirada com a facilidade de uso e a rapidez com que eu consegui postar um tweet. Foi coisa de minutos, o download do arquivo zip demorou mais do que escrever o código e rodar no Eclipse! Fiz download de um pacote de menos de 2 MB que tem os fontes, exemplos e o arquivo jar (twitter4j-2.0.10.jar), que já tem incluído todas as dependências que

YaW, Globalcode, e outros planos de dominação mundial...

Como devem ter acompanhado no boletim da Globalcode desde o mês passado, foi firmada uma nova parceria agora no ABC Paulista. Esta parceria é fruto de um projeto meu(Rafael Nunes) e também de um outro instrutor da Globalcode, o Eder Magalhães. Queremos levar a experiência e aprendizado que tivemos nos últimos quase 4 anos como instrutores da Globalcode para a região do ABC Paulista. Amadurecemos a idéia nos últimos 2 anos, e julgamos que agora seria o momento oportuno para investirmos nesta empreitada. Ja iniciamos nossas atividades na YaW na segunda semana de janeiro com 2 minicursos gratuitos(que você pode conferir algumas fotos aqui e aqui ) que para nossa surpresa tivemos quase que lotado nosso auditório, sinal de que o pessoal do ABC está tão otimista quanto a gente para este ano. E ontem(18/01) também já iniciamos a nossa primeira turma de Intensivo da Academia do Java com a sala praticamente cheia. Podem esperar que temos ainda diversos outros projetos e novidades que que

Muitas vagas, otimismo e sensação de reaquecimento da economia

2010 começou cedo, contrariando a expectativa que muitos Brasileiros tem de "O ano começa mesmo depois do carnaval".  Embora o inicio do ano tenha sido "repleto" de catástrofes naturais e muita chuva aqui no Brasil, no campo profissional o otimismo está evidente, as pessoas estão cheias de energia e boas perspectivas em relação as oportunidades de JavaEE 6 e muitas outras tecnologias. Mas, parece que não são somente as pessoas que estão otimistas, os anúncios de vagas voltaram a crescer, empresas anunciando boas vagas, ou grandes quantidades de vagas, refletindo o que podemos chamar de "Otimismo corporativo" . Veja algumas empresas que anunciaram vagas: IBM SpringSource   Yahoo!  Elumini   Cyberlynxx   Google Kaizen SPC Brasil Se em 2009, um ano de crise fizemos tudo isto , imagine em 2010. E você está preparado ?  Está otimista ? []s Yara http://twitter.com/yarasenger http://twitter.com/globalcode

Novos treinamentos de Java EE 6

No dia 10 de Dezembro saiu a versão 6 do Java EE e na semana seguinte a Globalcode lançou um treinamento focado nas últimas versões das principais tecnologias: JSF, Servlets, EJB e JPA. Muitos alunos tem me perguntado sobre esses treinamentos, então resolvi escrever dando um pouco mais de detalhes. Os novos treinamentos consistem em uma série de 4 hands-on (para que não conhece, hands-on são cursos rápidos e práticos de 8 horas) voltados aos principais componentes do Java EE 6: Hands on Servlet 3.0 Hands on JPA 2.0 Hands on JSF 2.0 Hands on EJB 3.1 Os novos treinamentos tem como público alvo aquelas pessoas que já conhecem as respectivas tecnologias nas versões do Java EE 5 e querem se atualizar estudando somente as novidades. Você, ex-aluno da Globalcode, que andava reclamando que não tinha mais nenhum curso a assistir pois já tinha feito todos, tem 4 novas opções agora! Para facilitar a vida de quem está interessado em todos os 4 cursos, criamos o Core Java EE 6 , que nada

Twitter : Porque, Como, Quem ?

O Twitter é sem dúvida nenhuma um fenômeno da internet, mas também uma daquelas coisas "simples" que qualquer um de nós poderia ter pensado, alguns poderiam ter "programado" e outros poucos teriam finalizado, colocado em produção, etc... Como disse o Jonathan Schwartz sun no último JavaOne, é preciso ter coragem de colocar as idéias em prática, investir e arriscar até o fim. IDG Now! Twitter quebra barreira dos entusiastas e atinge uso em massa em 2009 É interessante notar que seguindo pessoas interessantes recebemos "pequenos pacotes de 140 caracteres de informação útil" como lançamentos de tecnologias, notícias sobre eventos, matérias interessantes de revistas, curiosidades, e uma pitada da vida pessoal de algumas pessoas. Da perspectiva de quem twita acho que pode ser complexo resumir a informação em 140 caracteres, tirar os adjetivos e condensar a informação, mas é um exercício interessante para as pessoas muito "verbosas" (risos). O

Academia Java 2010

A tecnologia Java está em expansão constante e a prova disso foi o recente lançamento da plataforma Java EE 6, que ocorreu dia 10/12/2009, e o futuro lançamento da plataforma Java SE 7, previsto para este ano. Mas apesar da tecnologia evoluir de maneira muito rápida, a absorção do mercado acaba sendo bem mais lenta. Buscando um limite entre o realismo do mercado e a ousadia do open source, durante alguns anos, a Globalcode optou por manter a exclusividade dos recursos da plataforma Java SE 5 num módulo separado dentro da Academia Java. Assim, podíamos formar profissionais preparados para o que o mercado precisava: o profissional do Java SE 1.4 e do Java SE 5. Agora que o mercado amadureceu, é hora de mudar. A maioria das empresas já está usando o Java SE 6 e quem não está, não demora a migrar. Por isso, atualizamos o conteúdo da Academia Java para esta versão. Os módulos de sintaxe (AJ1), orientação a objetos (AJ2) e APIs (AJ3 e AJ4) absorveram todo o conteúdo do módulo de Java 5 (

Retrospectiva Globalcode 2009

Estavamos organizando a confraternização de final de ano da Globalcode e paralelamente fazendo retrospectiva de 2009 e o planejamento para 2010... e resolvi fazer um vídeo com alguns momentos marcantes do ano. Queria colocar uma música do Rei Roberto Carlos, mas tive que escolher uma música MPB - Música para Baixar , (Creative Commons), e por isto recorri ao portal Jamendo . A seleção é muito difícil porque são muitas músicas e tags, e acabei escolhendo uma música "natalina" chamada Beton Christmas, da banda DOC PILOT . (Thank you) O ano de 2009 foi um ano crítico pela crise financeira mundial que atingiu o Brasil, e mais especificamente o nosso setor com menos força, mas com certeza complicou o planejamento e deixou as decisões mais críticas. A resposta da Globalcode foi muita concentração e uma produção intensa de novos cursos, novos minicursos, 10 eventos, 2 novos blogs com bom conteúdo. Fechamos o ano com mais de 20.000 page views no blog Globalcoders (ago-dez)