Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2009

Alguma certificação Java nos seus planos em 2010 ?

A discussão sobre certificações é super polêmica, alguns acham muito importante, outros acham totalmente insignificante. Eu particularmente acho que é uma meta de aprendizado, que nos força a aprender bem detalhadamente uma tecnologia. É claro que é "burlável" quero dizer, todo mundo conhece alguém que é certificado e "não sabe nada". Mas, evidentemente quando você se prepara, estuda, vai aprender muitas coisas novas e solidificar ainda mais seu conhecimento. Eu sempre fui muito "orientada" por deadlines... estas metas nos obrigam a encaixar algumas horas de estudo nesta vida tão corrida. E o inicio do ano é muito bom para estas iniciativas, porque estamos um pouco mais descansados, com aquele espírito de inicio de ano. Imagine chegar em março e já ter cumprido uma das metas de final de ano, e estar com a certificação "tirada" ? Não acho que precisa ser um caçador de certificações, e tentar tirar todas as certificações possíveis, mas acho

D.B.C.D. - Desenvolvimento baseado na "Caverna do Dragão"

Depois de muito tempo sem assistir este épico desenho, acabei topando com ele novamente enquanto esperava minhas crianças acordarem (é sério mesmo!). Assisti por 60 segundos e logo peguei meu laptop pois acabava de ter o meu último insigth do ano: você já imaginou ensinar desenvolvimento de software para aqueles personagens? Teríamos uma equipe PERFEITA, pense bem: - Bob: o jovem valente com um tacape aparentemente podereso, mas poucas vezes ajuda efetivamente. É o programador Ruby on Rails. - Daiana: teríamos aquela jovem com bastão mágico que pode dar longos pulos. Casa perfeitamente com metodologias ágeis e Sprint. - Erick: o bundão com aquele escudo. É o cara da auditoria PMI com pós em CMM. Sabe tudo de logs é expert em TXT. - Sheila: a fulana que tem a capa que pode sumir. Bem, essa nem precisa de explicação. Muitos programadores sofrem de síndrome de Sheila. - Presto: é o mágico que em situações extremas tenta tirar algo do chapéu, mas nunca funciona. Basicamente é

JSF 2 na Certificação Web SCWCD

A nova certificação Sun Certified Web Component Developer (SCWCD) já está sendo planejada com a participação dos líderes das especificações Servlet 3.0 (Rajiv Mordani) e JSF 2.0 (Ed Burns), e incluirá JSF 2. Ed Burns está solicitando a participação e feedback da comunidade, através de posts no blog dele sobre o que deve cair ou não na certificação. Ou seja, precisamos da participação da comunidade Brasileira, mais informações no blog do Ed Burns : http://www.java.net/blog/edburns/archive/2009/12/14/add-your-jsf-2-content-sun-java-certification-exam []s Yara

ScrumToys disponível no NetBeans 6.8

Com o lançamento da versão final do NetBeans 6.8 realizado recentemente em conjunto com o anúncio da versão final do Java EE 6 e Glassfish v3, resolvemos experimentar a versão do projeto ScrumToys que acompanha esta IDE e certificar que está tudo ok. Quem instalar a nova versão do NetBeans (download aqui !) já terá imediatamente disponível o projeto ScrumToys como um exemplo de aplicação Web que demonstra diversas das novas funcionalidades do JSF 2.0. Basta acessar a IDE e criar um novo projeto e escolher no painel de exemplos o ScrumToys, como ilustra a imagem ao lado. Após ter o projeto aberto, basta executar (pressionar F6 ou 'play'). Considerando que o Glassfish foi instalado junto com o NetBeans, a compilação, empacotamento e deploy serão realizados. Em alguns segundos o usuário verá a página inicial da aplicação através do navegador de internet disponível. O vídeo a seguir ilustra como experimentar esta aplicação. O código fonte completo estará disponível após criar o

Testes, Testes e mais testes na Academia de Testes da Globalcode

A Academia de Testes foi desenvolvida principalmente pelos instrutores Jorge Alberto Diz e Kleber Xavier, com alguma colaboração do Vinicius Senger no módulo de Stress Test. Durante o desenvolvimento surgiu uma demanda especial do UOL e seus parceiros , que acabaram definindo os caminhos desta Academia.  Foram realizadas diversas turmas fechadas, com muitos ajustes de acordo com o feedback dos participantes (muito obrigada!), e lançamos no último boletim a primeira turma aberta desta carreira , que tem data marcada para inicio de janeiro. Estamos recebendo muitos e-mails, telefonemas e solicitações de orçamento para turmas fechadas, e isto reforça a importância dos testes no cenário de desenvolvimento atual. No Devox de 2007, que naquela época era chamado Javapolis assisti uma apresentação do Scott Ambler, que durante a sua palestra sobre os desafios de Agile fez um comentário que achei muito interessante (obviamente a frase não é precisa) : "Um dos maiores valores que A

Saiu a versão Java EE 6!!!

Conforme planejado saiu hoje (10/dez) a versão final oficial do Java EE 6! O anúncio da data já tinha sido feito pelo Mike Keith durante o TDC 2009, onde ele brincou que fez um lobby para que o lançamento fosse hoje, já que também é seu aniversário. Happy Birthday Mike Keith from Globalcode team and community. O anúncio oficial pode ser visto na seção "What's New" do site da Sun http://java.sun.com/javaee/ Um overview das novidades também pode ser visto em http://java.sun.com/developer/technicalArticles/JavaEE/JavaEE6Overview.html Esse lançamento inclui as novas versões de tecnologias como Servlets (3.0) , JSF (2.0), EJB (3.1) e JPA (2.0). Se você quer se atualizar com as novidades aguarde boas notícias no site e boletim da Globalcode de semana que vem!

Sun Tech Days 2009

O SunTechDays 2009 foi excelente, uma grande oportunidade de encontrar amigos e alunos, além da sensacional oportunidade de conversar com James Gosling, o pai do Java. Os principais assuntos abordados durante o evento foram Java Store, JavaFX, JavaCard e TV Digital. Quando o evento é bom o tempo voa, e infelizmente não foi possível participar de tudo, por isto convido os instrutores e amigos que participaram a cobrir outros momentos ou palestras interessantes. Apresentação do James Gosling  Entre os vários tópicos abordados no Keynote do James Gosling gostaria de destacar: - Container Web no Java Card A apresentação do amigo Tim Boudreau, que já veio muitas vezes para o Brasil, palestrando mais do que uma vez no auditório da Globalcode, divulgando as funcionalidades do NetBeans.  Ele foi chamado ao palco pelo James Gosling e mostrou uma demo sensacional com um Container Web sendo executado no JavaCard. Simplesmente sensacional...  Assim como no mundo da Robótica e Automação re

Enterprise Java no Ambiente de Produção

A variedade de opções da madura plataforma Java em conjunto com a vasta gama de softwares abertos, livres e grátis de propósito específico, muitas vezes torna confuso o processo de seleção do que usar para atender a demanda do seu ambiente Java de produção. Essa responsabilidade pontual deve ser atribuída ao "Arquiteto de Sistemas", que em conjunto com demais "Adminstradores de Sistemas" devem elencar opções e realizar pilotos para avaliar o que se aplica ou não. A idéia desse post é fornecer um caminho básico nesse processo. Para tanto, vamos analisar os requisitos de um determinado cenário: Aplicação baseada em Web e HTTP Alta demanda, com possibilidade de 60 requisições por segundo em determinados períodos Tempo de resposta de meio segundo ou menos Uma única requisição pode disparar múltiplos cálculos que podem ser realizados em paralelo para diminuir o tempo de resposta Alta disponibilidade Possibilidade de substituir a aplicação sem parar de atender re

Compilador GWT, não se preocupe com JavaScript!

Nesse post vou escrever um pouco sobre o Compilador do Google Web Toolkit , qual é o seu papel no kit, além de algumas dicas para o dia-a-dia no desenvolvimento com a tecnologia. Como exemplo vou usar um novo Projeto Web no Eclipse criado a partir do Google Plugin   para desenvolvimento GWT e/ou App Engine, acesse aqui mais informações e download. Depois de instalar o plugin, dentro do Eclipse siga a sequência para criar o projeto: New - Others - Google - Web Application Project - Defina o nome do projeto e a estrutura raiz de pacotes - Finish. Vou adotar como nome do projeto appGWT e pacote br.com.globalcode . O plugin gera uma aplicativo pronto que permite ao usuário preencher um campo e realizar o envio ao servidor de forma assíncrona (Ajax), quando o servidor responde um Dialog é apresentado com a mensagem de retorno. Para testar a aplicação é só executar o projeto com a opção Wep Application . Veja: O GWT, como já foi comentado , adota um conceito bem interess

Globalcode no mundo de Eletrônica & Robótica

A Globalcode está a todo o vapor na área de Eletrônica e Robótica, estamos formando um time sensacional e finalizando diversos projetos nos quais investimos muita energia ao longo deste ano: A produção do primeiro lote comercial do Program-ME, o Arduino da Globalcode, depois da realização do programa de testes;  Inicio da primeira turma da Academia do Programador, que utiliza o Program-ME como instrumento didático; Lançamento da comunidade no Ning com diversos profissionais como fazendo coisas interessantes; Lançamento do blog de eltrônica e robótica: Eletron Livre Participação na Robotec Fair em Curitiba com dois Workshops : SunSpot e Arduino Definição de convênio universitário devido ao interesse de Universidades usarem o Program-Me durante o curso para ensino de programação e eletrônica; Apresentação de diversos robos e palestras nos eventos Java, veja a foto do show de Robos no The Developer's Conference 2009; É neste clima que a Globalcode lançou ontem dois nov

Globalcode contribuiu pro LinguÁgil 2009 em Salvador/BA

Dos dias 12 a 14 de novembro de 2009 aconteceu em Salvador/BA a primeira edição do evento LinguÁgil 2009. Estavam presentes os integrantes das comunidades JavaBahia, AgileBahia, RailsBA e phpba. Além destas comunidades, participaram vários desenvolvedores da região, de outros estados e diversas empresas. A Globalcode contribuiu neste evento com um mini-curso de 8h sobre o tema Criando uma aplicação completa com JavaServer Faces e uma palestra de 50 minutos sobre as novidades do JSF 2.0 e o projeto ScrumToys . Durante a realização do mini-curso de 8h sobre JSF, os alunos desenvolveram junto com o intrutor uma aplicação completa para Web usando NetBeans 6.7.1, Tomcat 6.0.20 (integrado ao NetBeans), JSF 1.2, JPA 1.0 (via Hibernate 3.2.5GA) e MySQL 5.1. Esta aplicação demonstrou o uso de telas JSF realizando o CRUD da entidade Cliente na base de dados MySQL. O aspectos de produtividade para criação de telas, criação de conversores e validadores customizados e uma integração simples com

Melhorando Performance de JPA com Spring Web Flow

No TDC2009 realizado pela Globalcode em São Paulo foi apresentado um Lightning Talk sobre um problema específico de performance em aplicações Web com JPA e uma possível solução usando o Spring Web Flow . Num período de 15 minutos, os slides a seguir foram apresentados e seguidos de alguns vídeos de demonstração de uma aplicação Web em execução. Melhorando performance do JPA com Spring Web Flow View more presentations from Dr. Spock . Nesta apresentação foi dito que temos encontrado problemas de performance em aplicações Web que utilizam as tecnologias JSF + JPA + Ajax quando precisamos gerenciar um contexto de persistência (EntityManager). Estes problemas se manifestam quando aplicamos uma resposta errada para a pergunta: Como gerenciar o contexto de persistência numa aplicação Web? Se as aplicações não usam Ajax e limitam-se ao modelo orientado a requisições, a solução mais comum é o uso do design pattern chamado "Open Session In View Filter". Através deste design

Entrevista com Rod Johnson no JavaOne2009

Para esquentar os ouvidos e nos preparar para como será o The Developers Conference 2009 , Rod Johnson nos conta um pouco sobre algumas das novidades do Spring Framework 3.0 em entrevista realizada no último JavaOne. A transcrição em português da entrevista foi publicada originalmente no site InfoQ com o título Rod Johnson conta o que há de novo no Spring 3.0 . Para completar esta transcrição, disponibilizamos a versão em inglês aqui. Yara Senger : I'm here with Rod Johnson to talk about Spring Framework and market and opinions, so could you talk a little about what's new on Spring this year? Rod Johnson : Yeah! We've got quite a lot of new stuff pretty much across the board so in development time and also in a runtime in management offerings. I think that the things that are most interesting to developers are that of course we are working our way towards Spring 3.0 final, that's currently going through milestone phases so you can already go and download it. Th

Certificação SCJA - curiosidades e dicas

No mês passado eu compartilhei algumas curiosidades e dicas sobre a certificação SCJP 6 (Sun Certified Java Programmer), e agora chegou a vez da SCJA (Sun Certified Java Associate). A SCJA também não tem nenhum outro exame como pré-requisito. Mas diferente da SCJP, a SCJA não é pré-requisito para nenhum outro exame, o que diminui muito o interesse por essa certificação. Mas eu acho uma certificação muito interessante, pois é mais voltada para iniciantes no mundo Java, normalmente estudantes ou profissionais que estão mudando de tecnologia, funcionando como uma porta de entrada para as demais certificações e acelerando o ingresso ao mercado Java. Ou para aqueles que não são ou não pretendem ser especialistas Java, mas estão envolvidos com a linguagem de alguma forma, normalmente gestores, líderes de equipes, analista de negócio, etc. Mas para quem já possui a certificação SCJP, acho pouco interessante obter a certificação SCJA. A SCJA é um pouco mais básica, mas com uma cobertura mai

Facelets ainda mais divertido! Parte II

De volta ao Facelets , na primeira parte mantive o foco na utilização de templates e técnicas de reutilização visando maior agilidade para desenvolver telas com JSF , mas o Facelets vai bem além disso! Nesse post vou comentar e mostrar um pouco sobre a criação de componentes UI (User Interface) usando xht ml - na minha opinião esse é o grande diferencial da tecnologia. Com esse recurso é possível customizar / padronizar componentes usando xhtml + tags JSF + JavaScript + Css, sem código Java. A ideia é bem próxima ao Tag File em uma rápida comparação com JSP (JavaServer Pages), mas no caso do Facelets feito de uma forma ainda mais simples e com aderência a (infra)estrutura do JSF. Vou descrever o mesmo cenário da primeira parte, um sistema composto por vários cadastros ( C reate R ead U pdate D elete). Pensando especificamente em cada formulário, usando como exemplo um rascunho ou protótipo para o cadastro de Fornecedores, podemos assumir o seguinte formato: campos para preenchi