Pular para o conteúdo principal

Como anda o Java ?



O trabalho com tecnologia tem um dinamismo tão grande e por isto uma constante necessidade de se manter atualizado, acompanhar as tendências, tentar prever as tecnologias que vão fazer sucesso no futuro na tentativa de se manter na vanguarda... e isto acaba gerando uma certa ansiedade nos desenvolvedores e profissionais de TI de forma geral! 

Então, muita gente sempre nos pergunta: Mas, afinal de contas...como anda o Java ?

A única resposta precisa que posso dar a vocês é a resposta do livro Guia do Mochileiro das Galaxias, ou seja: 42.

Mas, como acabamos de voltar do maior e mais antigo evento de desenvolvedores Java, criado pela Sun Microsystems, o JavaOne com vários amigos que participam conosco desde 2001 e alguns que participam desde antes disto... eu vou compartilhar um pouco a minha visão e o que sinto na comunidade, na plataforma e no mercado.

1) A comunidade

A comunidade é incrível, vibrante e os Null Pointer arrasaram nas duas apresentações! Tanto na festa do Java Community Process quanto no Community Keynote! 

Muito feliz de ver o amigo Ed Bruns tocando vários instrumentos super bem.


2)  JavaOne4Kids

Foi realizado um evento gigante para crianças e jovens aprenderem a programar, o JavaOne4Kids com a participação de 450 crianças e jovens! 

Parabéns a todos os envolvidos! Em especial Arun Gupta, Daniel de Luca, Stephen Chin, Kevin Nilson!  Eu adoro esta iniciativa Devoxx4Kids e espero que no próximo JavaOne Brasil nós também tenhamos um evento destes! Vamos fazer acontecer!  


3) Projetos Brasileiros recebem o Oscar do Java


Apesar da baixa auto estima que temos em momento de crise a comunidade Brasileira representou super bem, tivemos vários pontos altos e incríveis!

Fabiane Nardon,  Fernando Babadopulos e toda equipe da Tail Target ganharam o Duke's Choice Award, o oscar do Java! E não foi só isto, o DFJug também ganhou um Duke's Choice Award em reconhecimento ao trabalho de tantos anos na comunidade Java, mas infelizmente não encontrei uma foto para compartilhar a alegria do Daniel de Oliveira com vocês.

Tivemos também a participação do Bruno Souza e Bruno Borges no Community Keynote! 

4) Java 9 e 10

A plataforma Java continua evoluindo, de vento em popa! A aceitação e feedback em relação ao Java 8 são extremamente positivas e teremos várias novidades no Java 9. Os principais assuntos abordados no Technical Keynote foram: 

  • Mark Reinhold falou sobre Project Jigsaw, que tem como objetivo a modularização da plataforma Java através de um novo sistema de módulos.

    Resumidamente: Módulos são containers de pacotes que descrevem como eles se relacionam com outros módulos. Módulos fazem referências para os módulos que eles dependem e ajudarão a resolver vários problemas e conflitos que temos com classpath atualmente. 
  • Brian Goetz, que é arquiteto da linguagem Java falou que o foco do Java 10 será aumentar ainda mais a performance da JVM se aproximando ainda mais do hardware.

    Apresentou o Projeto Valhalla que irá diminuir o overhead que os objetos podem trazer em relação aos dados puros ou aos primitivos.

    Falou também sobre o Project Panama, que tem como objetivo otimizar a integração de Java com outras linguagens como C por exemplo. 


5) Novos Java Champions Brasileiros

Este ano tivemos 3 novos Java Champions! Parabéns Otavio Santana, Edson Yanaga e Vinicius Senger!

Vocês mais que merecem este título! 


6) Java e Internet das Coisas


A movimentação ao redor da Internet das Coisas continua grande. Muito entusiasmo e vários players importantes mostrando seus projetos, ferramentas, APIs e infra-estrutura para IOT.

Tivemos um lançamento importante da Azul Systems, especializada na criação de JVMs de alto desempenho que lançou uma JVM para Intel Edison com base no OpenJDK, chamada Zulu Embedded.

Também tivemos a oportunidade de conversar com o Mike Milinkovich e Benjamim Cabé da Eclispe Foundation, um dos mais importantes players de IoT atuais e já estamos agendando um Webinário com eles! 

7) Surfboard na Califórnia



Nós apresentamos uma palestra com muitas demonstrações utilizando Java, Internet das Coisas, Raspberry Pi, Intel Edison, IoT Surfboard, MQTT, Rest, NodeRed, IBM Bluemix, Android... todas funcionaram e foi um sucesso.



O feedback em relação a IoT Surboard foi muito bom! Muita gente interessada e ansiosa pela abertura do Crowfunding lá na Califórnia.


Tivemos o prazer de conversar e apresentar o projeto para o James Gosling, e ao perguntar se ele testaria a placa ele disse que sim, que gostaria de conhecer e testar! Então... agora o James Gosling já tem a prancha dele!

Durante as festas no JavaOne nós saimos com um bafômetro  com a Surfboard. Interessante como as pessoas ficavam curiosas e queriam saber o que era aquela engenhoca. E muitas gargalhadas e baforadas surgiram junto com um pouquinho de marketing e feedback sobre a nossa querida IoT Surfboard.



8) Java sobe mais uma vez no Tiobe

E para finalizar com chave de ouro, acabando a conferência o Java subiu mais uma vez no Tiobe, com mais de 20% desde Julho de 2015!


Resumindo....

Acho que está tudo bem com o Java! 

Mas, sempre tem problemas e sempre tem soluções. Se você conhece os problemas e quer fazer parte da solução. Vem participar do SouJava! 

Converse com o Bruno Souza, Otávio Santana, Edson Yanaga, Fábio Veloso, Mister M, Fabiane Nardon, Vinicius Senger e tantas outras pessoas incríveis que ajudam a fazer o futuro do Java! 


Ou se preferir, vem pro Java One, converse com os líderes de todas as especificações, converse com as pessoas da Oracle desde evangelistas a VPs, converse com as pessoas do Java Community Process Executive Committee que representam empresas como IBM, Intel, Eclispe, converse com os Java Champions e JUG Leaders da Africa, Egito, Suécia, Bélgica, Inglaterra, Colombia, Itália, Espanha, França... Você pode reclamar, pedir, perguntar. 

Mas, por favor. Ajude-nos a consumir menos e produzir mais. Vamos seguir a inspiração do movimento Maker e vamos fazer o futuro! 

Um abraço,
Yara Senger
http://twitter.com/yarasenger
http://blog.globalcode.com.br/search/Label/Yara



Comentários

Unknown disse…
E Java continua.
Yara disse…
É isso ai! Valeu André Rezende pelo comentário!
Yara disse…
Valeu Jackson!
Caio disse…
Sem dúvida a melhor Plataforma, presente em vários segmentos, parabéns pelo artigo.

Postagens mais visitadas deste blog

Saiba como programar para Arduino sem ter nenhum hardware disponível

O Arduino já é uma tecnologia muito difundida entre os amantes de tecnologia. É difícil encontrar um profissional da computação que não brincou um pouco com esta ferramenta de prototipagem ou, que gostaria de fazer isso. Porém, em alguns casos, o programador quer conhecer o arduino mas não dispõe de nenhum hardware, nem mesmo da placa. Como isso poderia ser resolvido? A primeira resposta seria aquela mais simples e direta: ir as compras. Isso pode ser feito em uma loja física ou pela internet. No meu caso, por exemplo, tive a felicidade de encontrar em um site (não me lembro qual) um kit arduino, com um conjunto de sensores e um DVD com 41 vídeo aulas. Mas digamos que o profissional não esteja passando por um bom momento financeiro, ou ainda, simplesmente não queira comprar o Arduino sem antes conhecê-lo um pouco melhor. Para a última situação também já existe uma resposta, e diga-se de passagem, uma excelente resposta. Trata-se do site 123D Circuits.io . Depois de criar seu u

Entendendo como funciona a programação de computadores: linguagens de programação, lógica, banco de dados

Nesse post, diferente dos últimos que foram mais enfáticos nas experiências com tecnologias, vou focar um pouco mais nos profissionais que estão começando, ou pretendem ingressar na área de desenvolvimento de software, falando sobre conceitos fundamentais relacionados a programação em geral . Mercado de trabalho para programação Conforme já sabemos, o mercado de desenvolvimento de software, especialmente no Brasil, continua em franca expansão, sendo que cada vez mais as empresas buscam desenvolver seus próprios sistemas usando as mais diferentes e novas tecnologias. Algumas matérias interessantes: As seis profissões mais valorizadas em 2010 no IDG Now! Muitas vagas e sensação de reaquecimento da economia Por isso, a área de desenvolvimento de software tem despertado interesse em muitos profissionais de outras áreas que desejam mudar de profissão, já que as oportunidades de trabalho tendem a ser maiores. Esse é um perfil presente em muitos dos clientes da Globalcode que acabou m

JSON fácil em Java com GSon !

Ola pessoal ! O formato JSON ( J ava S cript O bject N otation) vem se consagrando cada vez mais na comunicação de dados, principalmente nos dispositivos móveis devido a esse formato ser mais leve que o XML e também mais legível. Uma prova disso são as inúmeras bibliotecas que existem para manipular esse formato, e no caso do Android, o suporte ao JSON é nativo. Mas apesar de ter esse suporte nativo, algumas operações devem ser feitas manualmente e o código acaba ficando um pouco verboso e repetitivo, já que para cada objeto que se deseja transmitir é necessário fazer um método que lê as propriedades do JSON e faz as devidas atribuições no seu objeto Java. Vamos supor o seguinte objeto sendo transmitido em JSON: {   user: {     id: 123456,     name: "Neto Marin",     username: "netomarin",     email: "netomarin@globalcode.com.br"   } } Se você fosse tratar um Webservice que envia esse JSON para o seu aplicativo Android, além de criar a o