Pular para o conteúdo principal

Globalcode + Eletron Livre no Devoxx

O Devoxx foi simplesmente sensacional, impecável conforme comentei no primeiro post sobre o evento! A receptividade a comunidade Brasileira foi incrível e realmente o SouJava está sendo bastante reconhecido pelo trabalho de comunidade.

Neste post vou falar um pouco sobre a apresentação do Vinicius Senger do projeto JHome e no próximo post pretendo falar sobre a participação dos grupos de usuários e do SouJava no evento.

Esta foi a primeira vez que fomos convidados para o Devoxx e ficamos totalmente honrados e surpresos. Foi algo surpreendente que aconteceu no JavaOne logo após a demo do Jhome que o Vinicius fez no Community Keynote.

Foi muito mais que um convite para ministrar uma palestra, pois além de nos convidar o Stephan convidou também Marc Fleury e a equipe da sua nova empresa de automação residencial Open Remote com intuito de nos apresentar. A palestra foi divida em duas partes, a primeira apresentada pelo Vinicius Senger e a segunda pelo o Eric Bariaux.

O Vinicius sabia do tamanho da responsabilidade, e como era de se esperar ficou bastante nervoso e fazendo mil melhorias nas demos e na apresentação. Sem dúvida foi um sinal de respeito a platéia do Devoxx que é conhecida com uma das platéias mais técnicas e avançadas de todos os eventos de Java.

A sala estava completamente lotada, pessoas sentadas em todos os degraus dos corredores, na porta, no chão. De acordo com a organização do evento haviam mais de 500 pessoas na sala.

Nos primeiros dois minutos de palestra o nervosismo foi embora e conforme prometido a platéia teve muita diversão e pelo menos uns 5 momentos de pura risada com as brincadeiras e bom humor do Vinicius, que fez várias demos:
  • apresentou a arquitetura JavaEE utilizada no JHome
  • mostrou um pedaço do Firmware do Arduino
  • mostrou um exemplo de código que roda no device
  • ligou e desligou luzes;
  • controlou as cores da fita de leds usando Color pickup;
  • agendou a cafeteira;
  • utilizou a nova API de sensores detectando distância e temperatura.


Quando acabou a palestra aquele alívio imediato:
  • Objetivo #1 cumprido: não houve falhas nas demos durante a apresentação
  • Objetivo #2 cumprido: não quero ser exagerada, mas o Vinicius arrasou. Ficou evidente que a platéia gostou muito, deram boas risadas, muita gente veio conversar depois. E várias horas depois vimos os tweets, e quase choramos de alegria favoritando os tweets para não perder no timeline!
Em seguida o Eric Bariaux da Open Remote fez uma apresentação totalmente complementar sobre automação residêncial, falando sobre os problemas do mercado atual e uma proposição de solução com base em padronização e open-source.
O Open Remote é uma solução de software open-source que suporta dezenas de padrões da indústria de automação, como z-wave e x-10.

No final da apresentação muitas pessoas vieram conversar com os dois palestrantes, até termos que sair da sala para que o próximo palestrante começasse a palestra sobre Google TV.
Para registro: Está nos nossos planos começar a testar e desenvolver as nossas primeiras aplicações para Google TV.


O quê? Ele realmente veio para o Devoxx assistir a palestra! 
Uma das pessoas que veio conversar, interessado principalmente nas solucões de hardware, para nossa surpresa apresentou-se: Prazer, sou Marc Fleury. Você é um dos melhores palestrantes que eu já vi. Fucking Hilarius.


Conversamos alguns minutos e logo surgiu o convite para irmos tomar um cerveja.  Chegando ao restaurante ele logo agradeçeu: Muito obrigada, graças a vocês fomos convidados para o Devoxx.
Conversamos bastante, muita sinergia e oportunidades!

  • Objetivo #3 cumprido: Contato com Marc Fleury para conhecer os projetos da Open Remote e apresentar os projetos da Globalcode: Eletron Livre, JHome, Program-me, Tomada e infinitas outras possibilidades.

Em breve as duas apresentações estarão disponíveis no Parleys.com, fique ligado, vai ter muita coisa boa lá!

Nossos sinceros agradecimentos ao Stephan Janssen pela oportunidade, entusiasmo, networking.

Participar do Devoxx realmente não tem preço. 

Ano que vem estaremos lá com certeza!

[]s
Yara Senger

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saiba como programar para Arduino sem ter nenhum hardware disponível

O Arduino já é uma tecnologia muito difundida entre os amantes de tecnologia. É difícil encontrar um profissional da computação que não brincou um pouco com esta ferramenta de prototipagem ou, que gostaria de fazer isso. Porém, em alguns casos, o programador quer conhecer o arduino mas não dispõe de nenhum hardware, nem mesmo da placa. Como isso poderia ser resolvido? A primeira resposta seria aquela mais simples e direta: ir as compras. Isso pode ser feito em uma loja física ou pela internet. No meu caso, por exemplo, tive a felicidade de encontrar em um site (não me lembro qual) um kit arduino, com um conjunto de sensores e um DVD com 41 vídeo aulas. Mas digamos que o profissional não esteja passando por um bom momento financeiro, ou ainda, simplesmente não queira comprar o Arduino sem antes conhecê-lo um pouco melhor. Para a última situação também já existe uma resposta, e diga-se de passagem, uma excelente resposta. Trata-se do site 123D Circuits.io . Depois de criar seu u

Entendendo como funciona a programação de computadores: linguagens de programação, lógica, banco de dados

Nesse post, diferente dos últimos que foram mais enfáticos nas experiências com tecnologias, vou focar um pouco mais nos profissionais que estão começando, ou pretendem ingressar na área de desenvolvimento de software, falando sobre conceitos fundamentais relacionados a programação em geral . Mercado de trabalho para programação Conforme já sabemos, o mercado de desenvolvimento de software, especialmente no Brasil, continua em franca expansão, sendo que cada vez mais as empresas buscam desenvolver seus próprios sistemas usando as mais diferentes e novas tecnologias. Algumas matérias interessantes: As seis profissões mais valorizadas em 2010 no IDG Now! Muitas vagas e sensação de reaquecimento da economia Por isso, a área de desenvolvimento de software tem despertado interesse em muitos profissionais de outras áreas que desejam mudar de profissão, já que as oportunidades de trabalho tendem a ser maiores. Esse é um perfil presente em muitos dos clientes da Globalcode que acabou m

JSON fácil em Java com GSon !

Ola pessoal ! O formato JSON ( J ava S cript O bject N otation) vem se consagrando cada vez mais na comunicação de dados, principalmente nos dispositivos móveis devido a esse formato ser mais leve que o XML e também mais legível. Uma prova disso são as inúmeras bibliotecas que existem para manipular esse formato, e no caso do Android, o suporte ao JSON é nativo. Mas apesar de ter esse suporte nativo, algumas operações devem ser feitas manualmente e o código acaba ficando um pouco verboso e repetitivo, já que para cada objeto que se deseja transmitir é necessário fazer um método que lê as propriedades do JSON e faz as devidas atribuições no seu objeto Java. Vamos supor o seguinte objeto sendo transmitido em JSON: {   user: {     id: 123456,     name: "Neto Marin",     username: "netomarin",     email: "netomarin@globalcode.com.br"   } } Se você fosse tratar um Webservice que envia esse JSON para o seu aplicativo Android, além de criar a o